Rota do Mar de Arousa e Rio Ulla

Etapa: Padrón-Compostela

  • Dificuldade Média
  • Duração estimada 50min

Padrón

  • Dificuldade Média-Baixa
  • Duração estimada 10min

Padrón, berço da tradição jacobeia, vila bela e monumental, está assente numa ampla várzea entre os rios Ulla e Sar. O seu nome parece proceder do "Pedrón", uma ara romana dedicada a Neptuno que a tradição vincula com o local de amarração da barca apostólica — a Barca de Pedra — que hoje se guarda na igreja de Santiago.

O Padrón monumental presenteia-nos inúmeras amostras da sua beleza. Mas o Padrón paisagístico também seduz, o qual nos convida por exemplo a andar pelo curso do rio Sar até à sua desembocadura no Ulla. Ou subir até ao santuário d’O Santiaguiño do Monte ao longo de uma via-crúcis de 125 degraus. E também gozar do jardim botânico (século XIX).

O Padrón "extramuros" ou rural estende-se para Iria Flavia — que foi cidade romana, sede episcopal até ao séc. XI e onde hoje se localiza a Fundação Camilo José Cela —, até ao esbelto santuário d’A Escravitude. Também para Herbón — onde crescem os famosos pimentos — ou rumo à Matança — a casa de Rosalía de Castro, ou a Carcacía — pátria do poeta medieval Macías ou Namorado.

Rois

  • Dificuldade Média-Baixa
  • Duração estimada 10min

Rois pertence à comarca do Sar e tem pouco mais de 5000 habitantes. É um município de interior, mas muito vinculado com a costa pela sua proximidade a duas rias: a de Arousa e a de Muros-Noia. Exibe uma paisagem muito variada, que se estende, nos seus pouco menos de cem quilómetros quadrados, dos 600 m de altitude do monte d’O Pedregal ao fértil vale do Sar e aos seus afluentes, os rios Liñares e Rois.

Na freguesia de Ribasar encontra-se uma importante jazida arqueológica, o Castro Lupario, numa colina que partilha com o município de Brión. Nele podem ver-se restos de muros e muralhas. Aqui viveu, de acordo com a tradição, a rainha Lupa, a quem os discípulos de Santiago terão pedido um lugar onde enterrar o apóstolo.

Rois também tem uma variada riqueza etnográfica e monumental: paços, espigueiros, numerosos cruzeiros, e as suas interessantes igrejas barrocas, algumas com elementos românicos.