Tanto se é cristão como muçulmano, quer acredite ou não, seja o que for, faça esta experiência.

...

O Caminho não concluiu aqui, no túmulo do Apóstolo, o Caminho é eterno… Santiago é o início.

Foi uma viagem verdadeiramente excecional. Por tudo. Fiz o Caminho como viagem de noivos e foi especial. Em primeiro lugar, por estar com a pessoa com quem acabo por me casar.

Falar com, possivelmente, dez pessoas de nacionalidades diferentes... Lembro-me do Estéfano de Tedesco [Alemanha], do Quico e da Ana, italianos; do James, da Nova Zelândia; da Clara, do Canadá… Pessoas que ficaram muito dentro do meu coração.

O Caminho não concluiu aqui, no túmulo do Apóstolo, o Caminho é eterno. E está também em todo o Caminho que percorremos. Na Catedral, vi o símbolo do alfa e do ómega, o início e o fim, mas isto é precisamente o início. O Caminho começa precisamente aqui. Santiago é o início.

Tanto se é cristão como muçulmano, quer acredite ou não, seja o que for, faça esta experiência. Não se pode descrever com uma palavra. Viva-a, apenas.