Via da Prata

Etapa: Feces-Laza

  • Distância 36 Km
  • Dificuldade Média
  • Duração estimada 7h 10min

Os antigos caminhos portugueses do interior em direção a Santiago são numerosos e penetram na província de Ourense por toda a fronteira sul, ligando-se aos já descritos em diferentes pontos do seu percurso: Verín, Laza, Xinzo e Ourense.

Feces- Verín

  • Distância 18,9 Km
  • Dificuldade Média-Alta
  • Duração estimada 3h 45min

O Caminho vem de Chaves, atravessa a fronteira e passa por Feces de Abaixo, nas margens do Tâmega e Mandín. Já no município de Verín, passa pela aldeia de Tamaguelos, onde há uma igreja dedicada ao apóstolo Santiago, e continua por Mourazos e Tamagos. Santa María e san Martiño são os títulos nas igrejas destes dois lugares.

Verín- Laza

  • Distância 17,1 Km
  • Dificuldade Média-Alta
  • Duração estimada 3h 25min

Passada a vila de Verín, o trajeto alcança os lugares d’A Pousada e Mixós, este último, célebre pela sua igreja pré-românica (século IX), que conserva nas suas absides aras romanas e restos de pintura mural. Depois de Estevesiños, Vences e Arcucelos, chega-se ao lugar de Retorta, ainda no vale de Monterrei. À entrada encontramos um cruzeiro e uma igreja gótica dedicada a santa Mariña.

Na vila de Laza, famosa pelo seu Carnaval, o Caminho torna-se urbano, e aproxima-se da igreja de San Xoán de Laza, concluída em 1701. Entra-se no templo através de um pórtico aberto na torre de sinos, com um escudo do marquês de Tenebrón ornado com cinco vieiras. Laza é um cruzamento em que este itinerário se junta com a Vereda Sul, para continuar juntos para Vilar de Barrio e Xunqueira de Ambía.