Via da Prata

Etapa: Dozón - Bendoiro

  • Distância 18,4 Km
  • Dificuldade Média
  • Duração estimada 4h 10min

Caminhamos por terras altas, solitárias e sem vegetação, até começarmos a rápida descida em direção ao rio Dezón, em Pontenoufe. Estamos já no município de Lalín.

Dozón- Pontenoufe

  • Distância 8,1 Km
  • Dificuldade Média-Alta
  • Duração estimada 1h 35min

Saímos d’O Castro de Dozón pelas proximidades da igreja até alcançar o Alto de Santo Domingo. Estamos a 736 m de altitude, em terras frias, com neves frequentes nos meses mais frios. A toponímia que nos vai surgindo tem um passado pré-romano: Mámoa de Xandín ou Mámoa do Castro. Caminhamos por terras altas, solitárias e sem vegetação, até começarmos a rápida descida para o leito do rio Dezón, em Pontenoufe.

Pontenoufe- Bendoiro

  • Distância 10,3 Km
  • Dificuldade Média
  • Duração estimada 2h 35min

Estamos já no município de Lalín. Chegamos a Puxallos e A Xesta; depois vão-se sucedendo pequenas aldeias como Carrás, Medelo e O Mesón de Cuñarro, esta na área de Botos. Seguimos um Caminho Real, noutro tempo com restaurantes típicos e pousadas, e que hoje ainda mantém um pouco desse espírito. A localidade de San Xoán de Botos, pátria do célebre pintor Laxeiro, aparece pouco depois.

Donsión, a seguinte aldeia, é um belo local em que se ergue uma magnífica igreja barroca. A 4 km de Donsión encontra-se a vila de Lalín, capital da comarca do Deza e pujante núcleo empresarial do interior da Galiza. E desde Donsión até Bendoiro caminhamos por Fondevila e A Empedrada. N’A Laxe localiza-se o albergue.

Pontenoufe - Bendoiro