Via da Prata

Etapa: A Gudiña - Verín

  • Distância 41,1 Km
  • Dificuldade Média
  • Duração estimada 8h 10min

N’A Gudiña, a Via da Prata tem, como vimos, dois itinerários: a Verea Sur, que comunica com Laza-Vilar de Barrio-Ourense, ou leste, denominado “Itinerário de Monterrei”, que nos leva por Verín, Xinzo de Limia e Allariz, até confluir ambos na cidade de Ourense.

A Gudiña- As Vendas da Barreira

  • Distância 19,4 Km
  • Dificuldade Média-Alta
  • Duração estimada 3h 50min

N’A Gudiña, a Via da Prata tem, como vimos, dois itinerários: a Verea Sur, que comunica com Laza-Vilar de Barrio -Ourense, ou este, denominado “Itinerário de Monterrei”, que nos leva por Verín, Xinzo de Limia e Allariz até confluir ambos na cidade de Ourense.

Este itinerário dirige-se, em primeiro lugar, à freguesia de San Mamede de Pentes. Continua para O Mente e O Navallo, no município de Riós, e chega à localidade d’As Vendas da Barreira. É um lanço de contrastes na paisagem: pequenos vales férteis nutridos pelo rio Mente se combinam com ambientes desolados e de grandes panorâmicas. Transitamos sempre perto da N-525 e da A-52 (Via Rápida das Rias Baixas).

A Gudiña - As Vendas da Barreira

As Vendas da Barreira- Verín

  • Distância 21,7 Km
  • Dificuldade Média-Alta
  • Duração estimada 4h 20min

Uma bela carballeira recebe-nos à saída d’As Vendas da Barreira. Vamo-nos afastando das vias principais e passamos por pequenas aldeias como Trasestrada ou San Pedro de Trasverea. Entre elas encontra-se a localidade de Sarreaus, onde o caminho recebe o curioso nome de “Camiño da Misa”.

Prados ladeados por soutos (florestas de castanheiros) e carballeiras (carvalhais) levam-nos até Mirós. Subimos para Fumaces, aldeia antiga ao abrigo da serra, e aproximamo-nos já de Verín. De volta e meia assoma na paisagem a silhueta do magno Castelo de Monterrei.

As Vendas da Barreira - Verín