Depois da seta amarela, outro sinal identificador do Caminho, neste caso já histórico, é a vieira ou concha, que podemos ver esculpida numa grande quantidade de igrejas ou monumentos, e em todos os sinais do itinerário.

Em 1984 empreendeu a sinalização do Caminho de Santiago, com setas amarelas, de França a Compostela.