O objetivo das primeiras associações era muito claro: o estudo e a valorização da história, da arte e da literatura associadas à peregrinação a Santiago, e a ajuda aos peregrinos

Em 1987, o Conselho da Europa outorgava em Estrasburgo o distintivo de Primeiro Itinerário Cultural Europeu ao Caminho de Santiago, pela força que o fenómeno jacobeu transmitia à união cultural do continente

Tal como as confrarias medievais e modernas, as associações organizam também atividades dirigidas aos membros que as integram: reuniões periódicas, caminhadas, banquetes, etc.

Em junho de 2015, realizou-se em Santiago o Primeiro Encontro Mundial na Galiza de Associações de Amigos do Caminho, que reuniu 157 organizações dos cinco continentes